Histórico

Promover ações que defendam o desenvolvimento econômico e social da classe empresarial, buscando proporcionar às empresas melhores condições para que ampliem a sua produção, está entre as prioridades da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio de Passo Fundo. A Acisa atua há 94 anos no município e engloba os quatro setores produtivos que colocam a Capital do Planalto Médio no mapa das principais cidades do Sul do país. A entidade foi fundada em 25 de janeiro de 1921 e teve como primeiro presidente, Gabriel Bastos. A nomenclatura Acisa surgiu em março de 1998 da união de três entidades, Câmara da Indústria, Comércio, Agropecuária e Serviços de Passo Fundo (Cicasp), Centro das Indústrias da Região do Planalto (Cirp) e Associação Comercial de Passo Fundo.

Há anos, a entidade defende melhorias, em vários segmentos, que visam impulsionar a produção, como a ampliação e modernização do aeroporto Lauro Kortz, a duplicação das rodovias ERS-324, entre Passo Fundo e Casca, ERS-135, entre Passo Fundo e Erechim, ERS-153, entre Passo Fundo e Tio Hugo e BR-285, entre Passo Fundo e Carazinho, além da redução da carga tributária e da desburocratização.

Como forma de estimular e oportunizar bons negócios, a Acisa também realiza feiras e exposições ao longo do ano, como o Salão do Imóvel, realizado em parceria com as Imobiliárias Coligadas, o Feirão da Caixa, juntamente com a Caixa Econômica Federal e a Expoacisa, feira consolidada, que está em sua 11ª edição, e que oferece aos empresários a oportunidade de mostrarem as suas potencialidades, fecharem grandes negócios e se integrarem com a classe empresarial. 

Conquistas da entidade

Em janeiro de 1921 a Associação Comercial, em sua primeira reunião, deliberou pela participação de uma comitiva local em um congresso em Santa Maria, que tinha o objetivo de estudar meios para facilitar a atividade comercial e industrial. Ações como a reivindicação ao Presidente da Província, solicitando uma revisão nas tarifas ferroviárias e protestos pelas elevadas taxas de tributos, incidentes sobre as atividades comerciais e industriais já eram realizadas no inicio das atividades da entidade.

A ampliação do horário de funcionamento do comércio, a instalação de telefones automáticos, cotas maiores de gasolina para o município, ampliação do fornecimento de energia elétrica – construção das barragens Capingui e Ernestina, também constaram na pauta de reivindicações da Acisa. Conquistas como a de uma agência do Banco do Brasil, da sede dos Correios, a criação do Corpo de Bombeiros, das escolas do Senac e Senai, bem como a conquista de uma ampla e moderna unidade SEST/SENAT, em 2007, contaram com a mobilização da Acisa.

O apoio a eventos como a Exposição Agrondustrial do Primeiro Centenário de Passo Fundo, a cooperação e co-realização da Fenafrango, Efrica e Deleite, são algumas formas que a associação encontrou para divulgar as empresas e a produção local.